Blog Várias e Variáveis de Jane


 

Finalmente alguém que entende do assunto!

 

Ontem participei de um curso para que pudesse trabalhar no ENEM como aplicador especial. Fiquei atento a cada detalhe que pode ser de suma importância. Tivemos instruções para atendimento diferenciado e/ou específico. Foi um curso sensacional onde tive a oportunidade de aprender muito, sobre pessoas que tem uma determinada deficiência ou dificuldade especial e que por isso, tantas vezes são deixadas de lado ou mesmo de certa forma, excluídas, devido à ignorância (falta de conhecimento) de pessoas que não sabem lidar com situações desse tipo, não recrimino ninguém por isso, já que nas escolas não somos preparados para situações desse tipo em nosso cotidiano.

Eu confesso que já tive pré- conceitos a respeito do assunto, isso acontece com muitas pessoas exatamente pela falta de orientação, de conhecimento, às vezes por medo, já que algumas vezes, mesmo quando queremos ajudar, não sabemos nem mesmo por onde começar e ficamos cheio dúvidas e até mesmo medo, de ser indiscreto, ofensivo, de a pessoa achar que é por pena que queremos ajudar, coisas desse tipo. Eu acho que esse tipo de curso, não deveria ser ministrado apenas para fins de ENEM, mas para professores, principalmente os que estão iniciando agora, que tem muito chão pela frente, muito trabalho a cumprir perante a sociedade.

Quantas coisas boas e bonitas podemos aprender! Quantas pessoas deixaram de ir à praia naquele lindo domingo ensolarado para que pudessem aprender algo mais na vida, algo que com certeza fará muita diferença na vida de quem aprendeu e na de outras pessoas. Meu Deus! Como é importante o ato do aprendizado... Aprender e praticar que é ainda mais importante.

Dentre todos os tipos de deficiências comentadas, eu fiquei muito feliz de ouvir sobre a Hiperatividade, nossa! Não me contive e cumprimentei a palestrante, disse que estava muito feliz de ter tantos professores participando desse curso, já que tenho um filho com esse problema e geralmente os professores não estão habilitados, portanto despreparados a trabalhar com tais pessoas, tais deficiências.

Quer queiramos, quer não, vem sempre um lado que não gosto de comentar, o lado político. Já que o governo propõe tanto a inclusão, por que não proporciona recursos para isso? Com cursos de capacitação para professores? Não apenas isso, mas remunerá-los dignamente, já que terão trabalho dobrado, e que trabalho! Eu bem o sei.O que temos são escolas super lotadas, salas com um alunato misto, pessoas consideradas normais e outras com algum tipo de distúrbio e/ou deficiência. Embora eu tenha passado por muitos momentos desagradáveis, com relação meu filho na escola, pessoas indiferentes, professores despreparados; não posso condená-los já que eles não têm suporte... Mas protesto! Um professor não tem suporte do governo, mas ele não pode se privar de informações, orientações, meu filho não é o primeiro e não será o último Hiperativo na face da terra. É complicado? É! E muito! Mas está aí, com certeza novos casos aparecerão e aí?! E então! O que fazer? Fingir que não estamos vendo? Ou dizer: “Já que ele tem dificuldade de concentrar-se e no aprendizado, deixa ele aí, brincando”, é esta a conduta que um professor deve ter? Está correto dizer: “Não estou nem aí, não vou me estressar com isso” “Não ganho pra isso”. É bem complicado, mas quem sofre são as pessoas e a família que tem alguém com deficiência.

Pra finalizar gostaria de agradecer a Júlia, quem nos proporcionou este aprendizado, aos professores presentes, que tiveram a oportunidade de acrescentar algo mais em sua vida e currículo, e principalmente àqueles professores que procuram compreender e que desempenham com amor seu trabalho.

Obrigada e um forte abraço a todos.

 

P.s: Tenho maior orgulho desta foto, eu e o escritor Piauiense e Parnaibano, Assis Brasil (romancista, cronista, crítico literário e jornalista, conhecido nacional e internacionalmente). Você conhece?Lindo, tudo de bom. Que orgulho!


Janne Karvalho.

 

 



Escrito por janne.karvalho às 12h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, PARNAIBA, João XXIII, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Livros, Informática e Internet, Música
MSN -
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?